top of page

VI Domingo da Páscoa




«Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos amigos»

(Jo 15.9-17)


Uma palavra fraterna e amiga...


Em toda a vida de Jesus está refletido o amor de Deus...


Melhor: Jesus é o amor de Deus.


Não encontramos maneira melhor de o dizer, o que é o amor de Deus, do que mostrando e dando a conhecer Jesus.


O Evangelho que hoje escutamos e meditamos, Jesus o diz aos Seus discípulos como quem se despede: "O que vos mando é que vos ameis uns aos outros".


Ganha por isso a forca de um testamento: Deus é amor.


Jesus é a incarnação e a expressão maior desse amor.


Os discípulos, qualquer um de nós, nunca seremos o que deveríamos ser, até que este amor se manifeste em nós.


Não só que nos amemos mas, que sejamos amor, portadores do amor de Deus...

Esta a razão pelo qual se torna o último, o maior e o definitivo mandamento.

Aquele que define a nossa missão: "que vos ameis uns aos outros, como Eu vos amei".


Fonte de esperança, graça, alegria...


Hoje não podemos deixar de nos interrogar sobre o que temos feito acerca deste amor?


Está verdadeiramente presente nas nossas vidas?


Nas nossas opções e critérios?


É este amor que ilumina as nossas decisões?


Perguntas que não podemos deixar de colocar a nós mesmos se queremos abraçar, com verdade, este outro modo de estar na vida, como Jesus nos apresenta no Seu Evangelho.


Este o nosso caminho de conversão, renovação, iluminados com a graça e a presença do Espírito Santo, dom e promessa do Ressuscitado.


Para todos, e através de cada um de vós, junto daqueles que mais precisam, uma palavra de conforto, esperança, animo e coragem.


Fraternalmente, Pe. João Valente.

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page